segunda-feira, maio 21, 2007

Então e se...

A arte d'imaginar lançou-me o desafio. E eu - que nem sou muito destas coisas - aceitei. Porque o convite foi simpático e o desafio também. E se...
Se fosse uma hora do dia, seria:
o nascer do sol porque a seguir vem um dia inteiro novinho em folha
Se fosse um astro, seria: o sol… preciso de fazer a minha fotosíntese
Se fosse uma direcção, seria: a direcção da razão
Se fosse um móvel, seria: a minha cama que é linda e sabe sempre tão bem
Se fosse um líquido, seria: uma coca cola gelada numa noite quente ou uma caipiosca doce junto à piscina
Se fosse um pecado, seria: a luxúria. se fosse 2, juntava-lhe a gula.
Se fosse uma pedra seria: duro como não sou capaz e sem grande graça.
Se fosse uma árvore, seria: aquela árvore que no meio do nada, se ergue frondosa para uma sombra refrescante depois da brincadeira de um dia de verão
Se fosse um fruto, seria: qualquer um (triturado, moído e feito gelado no Santini)
Se fosse uma flor, seria: uma gerbera
Se fosse um clima, seria: tropical
Se fosse um instrumento musical, seria: uma voz sonora, melodiosa e calma; uma guitarra, um batuque numa mesa, um emissor de bom som.
Se fosse um elemento, seria: o ar, onde se voa e se sonha
Se fosse uma cor, seria: infeliz. se fosse muitas, não.
Se fosse um animal, seria: um tigre ou um tubarão.
Se fosse um som, seria: música
Se fosse uma música, seria: um Black Bird dos Beatles ou tantas outras que não largo.
Se fosse um estilo musical, seria: um jazz-bossa nova (daqueles rasgados pela alma) ou então não. Seria qualquer coisa que fizesse com que as pessoas se sentissem bem.
Se fosse um sentimento, seria: a amizade. é esse o princípio de tudo.
Se fosse um livro, seria: O Meu Pé de Laranja Lima (acho que foi o meu primeiro amor em texto)
Se fosse uma comida, seria: um Apple Crumble
Se fosse um lugar, seria: Lisboa num domingo à tarde, o Douro numa manhã, ou aquela praia até cair a noite. Ou então o Lago Nakuru ou Grennwich Village.
Se fosse um gosto, seria: doce
Se fosse um cheiro, seria: o dos meus filhos
Se fosse uma palavra, seria: pouco. que não consigo escolher nenhuma... talvez Olá que é uma palavra feliz
Se fosse um verbo, seria: amar, beijar, tocar, sentir.
Se fosse um objecto, seria: da Apple
Se fosse uma peça de roupa, seria: uma T-shirt
Se fosse uma parte do corpo, seria: os olhos daqueles que falam
Se fosse uma expressão facial, seria: rir muito
Se fosse uma personagem de desenhos animados, seria: o Bart Simpson com 35 anos
Se fosse um filme, seria: este ou o Straight Story
Se fosse uma forma, seria: redondo para não magoar ninguém
Se fosse um número, seria: par
Se fosse uma estação, seria: A Grand Central Station, a estação do Pinhão num dia calmo ou então pronto, o Verão.
Se fosse uma frase, seria: Amo-te; mais que a vida, mais que o mundo

E se eu tivesse consguido escolher um só "se" em tantas suposições seria mais simples.

Como é suposto, cabe-me então lançar o repto a mais alguém, certo? Então agora é convosco.
Aroma de Amora
A Sério
Espelho Meu
Canela & Açucar

3 comentários:

amora disse...

Gostei muito dos teus ses!
E fazendo uso das tuas palavras "não se diz não a um convite tão simpático", encontrarás a minha resposta a este repto, por um dia destes, lá no meu canto aromático.

beijinhos

Ana disse...

ok gaguinho....o teu repto está aceite......para esquecer a série de bicharocos que andam por estes lados. Beijinhos

rasteirinha disse...

já aceitei e já "postei" o teu "réptil".. foi giro. obg, bjs.