quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Diz que disse 25 (ou se calhar é melhor criar outra categoria)




Cheguei a casa depois de "evangelização" pelo país. Abro a porta e para os meus braços corre a princesa.
- Paaaaaai.... (abraço apertado) afinal já tenho um namorado
- (.......) Ah sim?
- Sim. É o Rodrigo (e não, não é o mano)

Os olhos grandes brilhavam e percebi como estava feliz
Mais tarde, antes de ir para a cama, perguntei:
- Eu sei que já tens namorado mas o pai pode ser o teu namorado cá de casa?
- Podes. Podes ser sempre o meu namorado cá de casa. Para sempre.

Eu amo esta miúda. (e o Rodriguinho que tenha juízo)

4 comentários:

marion disse...

qué dulce pim ;))

Ana Princesa disse...

Com essa princesa? Quem vai ter mto trabalho é o Rui.

**

Ana Barata disse...

Com um pai a escrever assim, como não o querer como namorado para sempre?

Este é um espaço que não conhecia, cheguei aqui através da Ana Sofia, e ainda bem!
Vou voltar!

Ana disse...

Parabens por este espaço!com palavras tão bonitas, e com afectos tão profundos,realmente é magnifico. vim expreitar por suguestão da Ana sofia G., e realmente adorei.Ana Figueiredo