quinta-feira, outubro 26, 2006

O ano passado era quarta


Faz hoje um ano.
Agarrei na Bic e desatei a escrever. Escrevi muito mas muito menos do que queria. Escrevi acima de tudo por 2 bons motivos – como no anúncio da Olá – por tudo e por nada. Escrevi alguns dias porque sim. Outros, porque não? Escrevi porque a pim pim sorria ou porque a pim pim chorava. Escrevi porque um dia amava ainda mais os dias e outro dia me apetecia mandar da ponte. E este foi um ano um bocado grande, um bocado doce e muito amargo. Foi um ano de ver a filha crescer e aprender e explicar-se cada vez melhor. Foi um ano de ver o que fazia e como fazia tantas coisas novas que a vidinha lhe ia oferecendo. Foi – claro que foi – um ano muito negro, muito duro, muito diferente. Foi um ano de chorar muito e pouco. Mas foi um ano de chorar.
E foi um ano de esperar o próximo bebé. Um mano para a pim pim.
Foi ano de mudar de vida.
E foi ano de mudar de emprego.
E de hábitos.
Acompanha-me este bloco de notas há exactamente um ano e não o quero perder. Nem as visitas que – regra geral – não conheço.
Quero continuar a escrever e quero escrever pelos motivos de sempre.
Porque a pim pim chora ou porque a pim pim ri. Porque fez isto ou até mesmo, porque fez aquilo. Porque continuo apaixonado como no primeiro dia e amo mais ainda do que ontem. Porque aquele beijo de bom dia foi diferente e aquele olhar matou-me de amor. Porque vai ser tão bom fumar um cigarro enquanto vejo a chuva cair no mar como olhar para as estrelas no verão deitado na rede.
Porque o Alentejo vai continuar a cheirar a férias e as noites quentes me vão tirar o sono e dizer para escrever só mais um texto, só mais uma linha, só uma palavra que seja que suou tão bem na minha cabeça.
Escrevo mais agora, por causa deste vício de escrever aqui.
Descubro-me – às vezes – a cada linha e abro o peito a cada ideia.

E mesmo assim não escrevo tanto como queria.

9 comentários:

susie disse...

Parabéns! Parabéns, pelo blog, pela filha, pelo filho, pelo amor, enfim, por tudo o que és!

sónia castro disse...

Parabéns e que continue assim por muito tempo.

Anónimo disse...

Pues continua escribiendo y no lo dejes nunca.Un abrazo. Marion

Elora disse...

Ainda assim, aposto que não gostas tanto de escrever como eu gosto de te ler!

Ana disse...

Mas o que importa é que escreves-te neh? *

menina disse...

Nao escreves tanto quanto querias mas tudo o que escreves escreves bem *
Que venha mais um ano :D *

Filomena disse...

O que importa sao os motivos que te levaram a escrever,aposto que sao todos especiais e unicos. o verdadeiro sentido da nossa vida sao os amores que nos ajudam a respirar e ter confiança e esperança no dia de amanha... e isso, acredito que tens.
Por isso, escreve e escreve muito, pois eu, estarei sempre aqui assiduamente para ler.
um abraço...

NG disse...

Parabéns atrasados, mate!

p.s. um dia conseguiremos almoçar todos... um dia...

skys_writer disse...

escrever...pelo simples facto de sim...pode parecer um bocado estúpida esta frase...mas eu adoro escrever porque sim...e porque não??
continue! faz-me sorrir....