terça-feira, junho 06, 2006

Declaração (pública) de Amor


Liguei para combinar um café – na esperança de não levar a segunda “nega” da semana. Tive sorte.
Fui buscar-te a casa depois de jantar e arrancámos para a Baixa. Era uma noite de Verão e havia muitas pessoas a passear. Sentámo-nos numa esplanada da Av. da Liberdade e ali estivemos à conversa. Desta vez só os dois. Desta vez éramos só nós.
“Vamos dar uma volta?”
Levantámo-nos e descemos.
Na Praça do Rossio, um telescópio. Era giro aquilo de ver estrelas.
Tu eras mais.
Seguimos. Dá a mão. Tira a mão. Dá a mão. Tira a mão.
"Hoje ainda te vou roubar um beijo".
Eu não sabia bem o que queria a não ser que queria um beijo teu. Queria porque eras linda.
E és.
Já não me lembro do que é que falámos. Mas falámos. E rimos.
A meio caminho perguntei:
“Tens mesmo de ir para casa?”
“Tenho mas não quero.”Já ganhei.
Virei tão rápido quanto pude. Encostei e saímos. Parecíamos duas crianças e estava calor nessa noite.
Lembro-me de entrar no carro, olhar para ti e como em todos os beijos, juntar a minha boca à tua.
Foi o primeiro beijo.
Foi o melhor.
Foi o melhor dessa noite.
Foi a primeira vez e não há beijo como o primeiro.

Saíste-me ao caminho numa noite de Junho e essa noite ainda a tenho cada vez que vejo a lua.

De repente olho para trás e dou por mim a dizer que te amo.
De repente olho para trás e dou por mim a pensar que quero e preciso e desejo que fiques para sempre comigo.
De repente olho para trás e temos uma filha linda.
De repente passaram 12 anos desde essa noite e cada dia contigo é sempre o melhor dia da minha vida.
Amo-te.

14 comentários:

Mamaíta disse...

O Amor é lindo...

Lígia disse...

:)

Ana disse...

Ai o amori....Lindo!!!!

Domingos Patena disse...

a melhor declaração de amor que já li até hoje. Parabéns!!!

Anónimo disse...

Como eu gostava de amar e ser amada assim...

Elora disse...

Queria escrever como tu.

DIV de divertida disse...

Tu és deste mundo???????
(é que até custa acreditar ser possível uma coisa destas...)

raquelmoniz disse...

FANTÁSTICO!!!

Buttafly Su disse...

Acho que é a primeira vez que aqui venho... Dou de caras com este texto e já nem quero ir embora... Não me dizes onde andam os homens como tu? Quero um pra mim... ;-)
Gostei mesmo deste texto. Muito. Felicidades.

PS - Vou voltar, tenho a certeza!

Gaivota® disse...

Julgo não restarem mtas dúvidas...
EXCELENTE texto!!!!!

Anónimo disse...

sou um dos que teve conhecimento da existencia deste blog atraves da radio comercial. Curioso, sentome numa simples cadeira, contemplado cada palavra escrita pelo owner deste blog. Estou estupfacto.

Ontem dei por mim a ouvir esta mega declaração com uma lagrima a cair. Profundo demais....

Os meus parabens. a serio.... faltam-me palavras..

nita disse...

ese post foi o que mais me emocionou, quando o ouvi na rádio comercial, a caminho de lisboa.

é estranho ler o que ouvi, e perceber que a magia ainda lá está...intacta.

nita

Estranha pessoa esta disse...

É bom sentir que ainda existem sentimentos, realidades... olhares assim!

Marta disse...

ai meu deus...o amor pode ser lindo...uma declaração pode ser xpectacular...mx uma rapariga ficar td corada ou inda por cima um rapaz..........ai..ai....
bjx ffx km tu
MARTA